12 abril 2008

Flor do Mês - Março 08


Terminado o período da amendoeira em flor, que ainda se prolongou quase até ao fim do mês de Março na freguesia de Valtorno, chegou a altura de fazer um balanço do que se passou pelo concelho, em termos de floração. Tive a minha actividade de Descoberta (em Vila Flor), bastante limitada, fazendo poucas deslocações pelo concelho. A planta selvagem que floriu durante este mês foi a urze. Há muita urze espalhada por várias encostas do concelho principalmente nos solos xistosos, mas não é esta a minha escolha.
Neste mês a minha escolha não recai sobre a flor de uma planta selvagem, mas de novo sobre uma planta cultivada, trata-se da nabiça. Esta planta, de tão vulgar que é, raramente merece a nossa atenção, mas há quem a aprecie no prato. O nome científico da nabiça é Brassica napus L. e pertence à família das cruciferas (como a couve). É muito utilizada para a alimentação do gado, mas, poucas plantas haverá, que sejam tão aproveitadas para a alimentação humana: comemos as suas raízes (nabos), comemos as suas folhas e caules (quando jovens) e comemos as suas flores (os grelos). Para completar este aproveitamento, na variedade oleifera (conhecida por colza), são aproveitadas as sementes para a produção de óleo.

Tanto as variedades selvagens, como as cultivadas, florescem em Março-Abril, proporcionando uma cor amarelo-canário aos campos e alimento para as abelhas, que procuram as flores com grande entusiasmo.
Quando era jovem recordo de ter roído os nabos crus muitas vezes, mas são mais utilizados para confeccionar sopas. Como com alguma frequência folhas de nabiça, mas estas crescem rapidamente, deixando de ser tão apelativas. Os grelos com batatas cozidas são muito apreciados, acompanhados por carne grelhada ou mesmo uma boa alheira. Também é frequente em Trás-os-montes fazer-se arroz com grelos, muito saboroso.

As fotografias mostram-nos que para além de todo o potencial agrícola da planta, a beleza que confere à paisagem, tornaram o mês de Março único, pintado de amarelo vivo que se combina bem com o azul do céu.
As três fotografias de hoje foram tiradas junto a Vila Flor, num campo de nabiças em flor, que apreciei em fotografia mas que também tive oportunidade de apreciar no prato.

2 comentários:

Esmeralda disse...

Olá
Viva o amarelo....
É que eu gosto de amarelo...
Abraço
Esmeralda

Alzira disse...

Poema da "Flor"

Porque te escondesde de dia "Flor"
Com tuas pétalas de cetim púrpura
Dos intrusos olhares te resguardas
E ao luar te abres na noite escura