28 Agosto 2009

Flor do Mês - Agosto 2009

Quando chega o mês de Agosto é sempre um problema para escolher a Flor do Mês. Não porque não existam flores selvagens, normalmente protegidas por uma boa ramagem cheia de espinhos, mas porque as poucas resistentes existentes não são muito representativas, ou seja, quase não se dá por elas.
Escolhi para o mês de Agosto de 2009 a cenoura-brava.Trata-se de uma planta herbácea bienal, que pode atingir entre os 20 e os 80 cm de altura. Passa praticamente despercebida nos campos incultos e na borda dos caminhos e sebes. Quando floresce o caso muda de figura. A época de floração estende-se de Abril a Agosto e as suas "flores" são muito bonitas. As inflorescências (modo como as flores estão dispostas) são umbelas terminais, densas e planas constituídas por 2 tipos de flores: flores brancas, periféricas e uma flor central purpúrea e estéril. Pouca gente repara nesta pequena flor central, muitas vezes pensam tratar-se de um insecto. As pequenas flores são brancas mas no início podem ter uma cor bastante rosada. Eu aprecio bastante a sua disposição, em umbela, que quer dizer chapéu-de-sol de cor clara. Esta disposição é determinante do família a que a cenoura-brava pertence, as unbelíferas (agora Apiáceas).
O nome científico da cenoura-brava é o mesmo que da espécie cultivada, Daucus Carota L.. Apesar da espécie selvagem também possuir a mesma raiz aprumada onde acumula reservas, esta não tem a cor "cenoura" e é muito lenhosa, imprópria para consumo. Mesmo assim creio que, noutras paragens, é cozinhada em cataplana, tendo as características medicinais da sua "prima" comestível. As raízes e sementes são vendidas para fins medicinais.

As fotografias da cenoura-brava foram tiradas em Macedinho e no Arco.

1 comentário:

Transmontana disse...

Boa escolha!!!
As fotos estão muito boas!!!
Parabéns!!!
Um bom dia para si!
Anita