18 setembro 2010

Vigília pela Linha do Tua

Decorre, neste momento, no Largo Luís de Camões, em Lisboa, uma vigília a favor da Linha do Tua. Sempre fui, e continuo a ser, favorável à manutenção da centenária linha com os necessários melhoramentos para a tornarem rentável. Isso poderia passar pela sua modernização, reabertura da via até Bragança e posterior prolongamento até Espanha, com ligação a Puebla de Sanabria. Um corredor ferroviário entre o Douro (património da humanidade) e a Sanabria seria, tenho a certeza, procurado e utilizado quer por turistas, quer por residentes. Seria também necessário o envolvimento de agentes económicos e das autarquias, que pouco mais têm feito do que esperar que o património natural e a linha sejam destruídos, para poderem beneficiar das contrapartidas.
Não estou fisicamente no Largo Luís de Camões em Lisboa, mas estou com aqueles que se mobilizaram e disseram presente. Partiram autocarros de Mirandela e de Carrazeda de Ansiães. Pela primeira vez as populações locais vão a Lisboa dizer que preferem a linha e que a barragem (incompatível com a linha) não é bem-vinda. Estarei presente numa mensagem que enviei para que seja lida durante a vigília e nas fotografias da linha e do vale do rio Tua que vão estar expostas.
A LINHA É TUA, É NOSSA, VAMOS LUTAR POR ELA.

fotografia: linha do Tua, um pouco a montante da estação de Abreiro.