04 janeiro 2009

Gala Cantar dos Reis 2009 (3)

Continuação de: Gala Cantar dos Reis 2009 (2)

O terceiro grupo a actuar na Gala de "Cantar dos Reis" representava a escola de música Zecthoven. Quase duas dezenas de jovens tocaram, cantaram e interpretaram algumas cenas do viver de outros tempos. Fizeram-se acompanhar de alguns objectos tradicionais como aros e uma froncela, um crivo, uma panela de ferro, ferro de passar a brasas e várias vasilhas.
Era grande o leque de instrumentos que tocaram, desde a bateria à guitarra eléctrica, passando por cavaquinhos, violas, pandeiretas, etc.
A presença das crianças, muitas trajando vestuário a que estão muito pouco habituados, é um bom indício de que a tradição não se perde nos próximos anos. Também é interessante verificar que este grupo tem "engrossado" de ano para ano.
Interpretaram a tão conhecida canção de Zeca Afonso, Natal dos Simples e Vimos dar as Boas Festas. O professor de música Zé Cordeiro, coordenou e dirigiu todo o grupo.
Vimos dar as Boas Festas

Vimos dar as Boas Festas
Boas Festas vimos dar
Que nasceu o Deus Menino
Nas palhinhas ao luar

Boas Festas, Boas Festas
Aqui haja neste dia
Já Nasceu o Deus Menino
Filho da Virgem Maria

Ò que família tão pura
Nós viemos encontrar
Tenha a bênção do menino
Que nasceu para nos salvar.

Ficamos agradecidos
Pela nossa gentileza
Boa tarde até ao ano
Voltaremos com certeza.

Andamos de casa em casa
Por atalhos e caminhos
Os corações sempre em brasa
Como outrora os pastorinhos.

Continua: Gala Cantar dos Reis 2009 (4)

2 comentários:

José Queijo disse...

Bom dia, primeiro queria dar os parabens ao Prof. Anibal pelo excelente trabalho que tem feito para divulgar Vila Flor e o que se passa no nosso concelho. Depois queria dar os meus sinceros parabens ao Prof. José Cordeiro e aos seus alunos pela excelente actuaçao que tiveram nesta gala dos reis. Tem sido um trabalho bastante bom com estes jovens músicos.
Parabens.

José Queijo

Susana Silva disse...

Foi com muita alegria e orgulho, que vi actuar neste espectáculo, as crianças e jovens...pois são eles os mensageiros da nossa cultura e das nossas tradições...o olhar ternurento, a capacidade de concentração e o empenho fizeram encher de "lágrimas de alegria" todos aqueles que se encontravam naquela sala...a mim...encantou-me...a alma transmontana...a pureza das gentes que mesmo "abandonadas" por tantos, são capazes de transmitir, por gestos e emoções que um futuro risonho nos espera...Um obrigada ao "mestre" José Cordeiro e a si por me premitir deixar estas simples, mas sentidas palavras...pois sem o seu valioso contributo para a nossa terra, não seria possivel!!! Continue a fazer com que a cultura seja "palpável e atingivel" a todos!!! bem haja...